Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Noticias > Solenidade de Colação de Grau do Semestre 2016.2 é realizada no CDSA
Início do conteúdo da página
Notícias

Solenidade de Colação de Grau do Semestre 2016.2 é realizada no CDSA

  • Publicado: Sexta, 02 de Junho de 2017, 11h03
imagem sem descrição.

O Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido da Universidade Federal de Campina Grande realizou na noite da quarta-feira, 31 de maio, no ginásio O Netão, em Sumé, a solenidade de Colação de Grau das turmas concluintes do semestre letivo 2016.2. Colaram grau 58 estudantes dos cursos de Licenciatura em Ciências Sociais, Licenciatura em Educação do Campo, Tecnologia em Gestão Pública, Tecnologia em Agroecologia, Engenharia de Biotecnologia e Bioprocessos, Engenharia de Biossistemas e Engenharia de Produção.

Na oportunidade, o professor do CDSA Erivan Silva, cantou em homenagem aos concluintes e acompanhado na sanfona pelo aluno concluinte Alysson Eryke Ferreira da Silva que executou o Hino Nacional Brasileiro.

Comporam a mesa solene o vice-reitor da UFCG, professor Camilo Allyson Simões de Farias; o pró-reitor de Ensino da UFCG, professor Alarcon Agra do Ó; o diretor do CDSA, professor José Vanderlan Leite de Oliveira; o vice-diretor do CDSA, professor José Irivaldo Alves Oliveira Silva; o coordenador administrativo da Unidade Acadêmica de Ciências Sociais, professor Paulo César de Oliveira Diniz (representando o curso de Licenciatura em Ciências Sociais); o coordenador administrativo da Unidade Acadêmica de Tecnologia do Desenvolvimento, professor Hugo Morais de Alcântara; o coordenador administrativo protempore da Unidade Acadêmica de Educação do Campo e também coordenador do curso Interdisciplinar em Educação do Campo, professor Fabiano Custódio de Oliveira; o representante da Coordenação Administrativa da Unidade Acadêmica de Engenharia de Biotecnologia e Bioprocessos e também coordenador do Curso de Biotecnologia e Bioprocessos, professor Franklin Ferreira de Farias Nóbrega; a representante da Coordenação Administrativa da Unidade Acadêmica de Engenharia de Produção, professora Vanessa Batista Shramm; o representante da Coordenação do Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia, professor Tiago Gonçalves Pereira Araujo; o coordenador do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Pública, professor José Maria Pereira da Nóbrega Júnior; a coordenadora do Curso de Engenharia de Biossistemas, professora Ilza Maria do Nascimento Brasileiro; o coordenador do Curso de Engenharia de Produção, professor Wladimir Tadeu Viesi; o representante do prefeito constitucional do Município de Sumé, o senhor Odilon Lima Araújo.

Receberam o grau em nome dos demais concluintes de suas respectivas turmas os formandos Aline de Carvalho Silva (Agroecologia), Maria José Ferreira de Farias (Ciências Sociais), Iris Barbosa Carneiro (Educação do Campo), André Gonçalves Bezerra Junior (Engenharia de Biotecnologia e Bioprocessos), Maria Letícia Neves Dias (Engenharia de Produção), Izabele de Oliveira Ramos (Engenharia de Biossistemas) e Lucineide Rafaela de Souza Silva (Gestão Pública).

O juramento foi feito pelos estudantes Evanilson Tavares da Silva (Tecnologia em Agroecologia), Leticia Oliveira da Costa (Ciências Sociais), Aline de Oliveira Barbosa (Educação do Campo), Jessica Moreira Batista da Silva (Engenharia de Biotecnologia e Bioprocessos), Pablo Veronese de Lima Rocha (Engenharia de Produção), Euclides Miranda Silva (Engenharia de Biossistemas) e Alysson Eryke Ferreira da Silva (Tecnologia em Gestão Pública).

Discursos

O diretor do Centro

Em seu discurso o diretor do CDSA, Vanderlan Leite destacou: "Meus caros formandos, este é o momento de vocês começarem a caminhar com as próprias pernas, tomar as decisões próprias com a confiança que já são profissionais, sem esquecer os valores: éticos, de sustentabilidade, respeito pela sociedade e pelo País que ajudou a atingir ao tão sonhado curso de graduação". "A etapa, hoje cumprida por vocês fecha um ciclo e vocês podem achar que é pouco para os dias atuais, devido ao rigor do mercado e da concorrência que irão encontrar, mas é o primeiro passo. Tenho certeza que todos correram atrás de um mesmo objetivo que é sair do CDSA melhor do que entraram e, podemos afirmar com mais certeza ainda, que esse objetivo está sendo cumprido. Vocês saberão honrar o nome deste Centro e da UFCG. Este momento é eterno para todos aqueles que contribuíram para vocês atingirem essa meta".

Em alusão ao conhecimento falou: "Hoje vocês adquiriram uma luneta, mas dependendo do caminho a ser trilhado, poderão em breve estar com um telescópio para enxergarem o mais longíncuo infinito".

A oradora

A oradora, Lucineide Pereira de Lima, falou para os concluintes: "Sei que é difícil, e de grande responsabilidade, representar um grupo de pessoas tão diferentes entre si, entretanto, também sei que algo que temos em comum: a busca do conhecimento, por crescimento pessoal, profissional, me conduziu até aqui, e nos equipara neste momento". Continuou, "Estamos vivenciando um misto de sentimentos e emoções, que nos faz relembrar o que passamos nos últimos anos, nos últimos meses, nos últimos dias, e nos leva às situações em que fomos aprendizes, inseguros, imaturos, mas também desbravadores, guerreiros, decididos, maduros, capazes de superar o que parecia até então não ser possível, pelo menos naquele momento, diante das adversidades apresentadas".

"Encontramos ao longo da nossa jornada, valores que jamais esqueceremos pois, vivemos a dinâmica do aprender e do ensinar, do discutir e do formular, bem como, do divergir e do concordar, fatores que nos faz perceber o quanto torna-se relevante o conhecimento e o saber, que deve ser construído, não meramente visitado ou transmitido", disse.

O vice-reitor

Em suas palavras, o vice-reitor Camilo Simões, enfatizou que "é um momento extremamente importante que passam nesta data, a partir daqui vocês irão se deparar com o mercado de trabalho e irão alçar outros vôos. O que vocês viveram na universidade, momentos bons e momentos ruins quando não alcançaram a nota que queria ou a bolsa desejada ou o TCC não estava indo bem, ficarão para o seu crescimento".

Ele deixou como mensagem para os concluintes a necessidade de "amar esta instituição, pois quando vocês saírem daqui a UFCG não sairá de vocês e portanto temos que brigar por ela porque é nossa, principalmente vocês estudantes que foram financiados pelo povo brasileiro para ter um ensino público e de qualidade.

"Você estão se formando e uma pergunta que não quer calar, e agora, como é que vai ser? Todos nós passamos por isso, mas encontramos nosso caminho. Deixo como conselho o cuidado para não vender fácil o que não tem preço: a saúde, a família, os filhos, o amor da esposa, da namorada. Se tudo isso for deixado de lado, você terminará se lamentando pelo tempo perdido, com isso, não estou pedindo que deixem a profissão de lado, mas sim que planeje como exercer essa profissão. É preciso estabelecer metas, estabelecer objetivos. Por fim, desejo a vocês boa sorte, ousadia e o respeito aos princípios da dignidade humana em suas caminhadas na profissão".

Homenagem

Homenageada na ocasião, a professora do CDSA, Maria do Socorro Silva, foi saudada pelo vice-diretor do CDSA, Irivaldo Oliveira, que apresentou o perfil da professora e descreveu o seu histórico acadêmico e profissional, destacando a sua participação na articulação e luta pela construção do Campus da UFCG no Cariri paraibano e sua inserção a nível nacional na Comissão de Implantação da Licenciatura em Educação do Campo e da Rede de Educação do Semiárido Brasileiro. Em seguida, o professor Fabiano Custódio, coordenador da Licenciatura em Educação do Campo, leu uma homenagem feita pelos alunos para a professora Socorro Silva.

A homenageada

"A formatura torna-se um momento especial por se tratar da conclusão de um itinerário formativo para a vida profissional. Assume uma dimensão pessoal e familiar peculiar pelo que representa para a vida e o projeto das pessoas envolvidas, principalmente, se considerarmos que cerca de 80% dos jovens que hoje se encontram aqui, se não existisse este campus neste território, possivelmente, não teriam acessado o direito ao ensino superior" disse a professora homenageada, Maria do Socorro Silva.

"A universidade como uma instituição social e, como tal, expressa de determinada maneira a estrutura e o modo de funcionamento da sociedade como um todo e a ela deve estar voltada de forma crítica, reflexiva e ativa. Além disso, precisa agir baseada no reconhecimento público de suas atribuições, e não pode estar separada da ideia de democracia e de democratização dos conhecimentos e dos direitos sociais e humanos. Então a universidade também precisa contribuir com este momento da conclusão, não apenas com esta bonita cerimônia de formatura, mas intervindo no território para que estes profissionais sejam reconhecidos, sejam valorizados, sejam demandados pelo mundo do trabalho".

"Que a sociedade reconheça que o investimento que fizeram numa instituição superior pública, retornou para eles com profissionais, não apenas com competência técnica, mas principalmente com compromisso com a vida, com a realidade, com a transformação de qualquer estrutura que colonize o saber, o ser, a natureza e o poder. Eu só posso desejar e sonhar com vocês um mundo socialmente justo e que se tornem profissionais reconhecidos no mundo do trabalho", finalizou.

 

(Rosenato Barreto - Assimp CDSA/UFCG)

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página