Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Noticias > Inscrições para reunião regional da SBPC abertas até dia 29
Início do conteúdo da página
Notícias

Inscrições para reunião regional da SBPC abertas até dia 29

  • Publicado: Sexta, 21 de Abril de 2017, 08h03

A Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) realiza de 2 a 6 de maio a sua reunião regional  na Universidade Regional do Cariri (Urca), na cidade do Crato-CE) com o tema "Território, Biodiversidade, Cultura, Ciência e Desenvolvimento". 

As inscrições estão abertas até o próximo dia 29, custando R$ 30 para professor universitário, R$20 para mestrando e isenção para estudantes de graduação e professores da educação básica.

Segundo a presidente da SBPC, Helena Nader, a riqueza da região contribuirá em muito para o sucesso do evento. “A região do Cariri é geográfica e politicamente muito importante, não só para o Estado do Ceará, mas para a sua vizinhança que surgiu a partir da conurbação entre os municípios de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha. É também uma região com uma história cultural e religiosa, já que é a terra do Padre Cícero”, explica.

Programação

A programação científica contará com conferências que discutirão, entre outros temas, meio-ambiente, políticas científicas, inovação e educação. A presidente da SBPC destaca, entre as conferências as atividades "Física aplicada a problemas ambientais: mudanças climáticas globais, meio ambiente e poluição do ar urbana", "Resíduos sólidos, gestão e planejamento ambiental em regiões metropolitanas", "Paleontologia nas bacias do nordeste brasileiro", “Tecnologias geradas pela Embrapa Semiárido”, “2017-2018: Biênio da Matemática Brasil”, "Propriedade Intelectual: da Pesquisa ao Registro de Patente", "Lixões: impactos nas cidades e na saúde pública", " Saneamento Básico: situação atual no nordeste brasileiro" e "O futuro da CT&I no Brasil".

Já nas mesas-redondas, Nader chama a atenção para debates como "A seca e os desafios na gestão de recursos hídricos nos semiárido nordestino", "A importância da Biodiversidade da Floresta Nacional do Araripe (Flona) para pesquisa científica", "Cultura, Memória e Contemporaneidade", "O papel da pesquisa na formação e na prática dos professores" e "Planejamento do Espaço Urbano", entre outros.

Novidades

O evento contará com minicursos, cujos temas ainda serão definidos. A novidade é que, diferente de outras edições, desta vez os cursos serão realizados em um único dia e em período diferente da programação científica.  A abertura do evento será no dia 2 de maio, os minicursos serão no dia 3, e as conferências e mesas redondas nos dois dias consecutivos.

Nader destaca outra novidade desta edição: o Dia da Família na Ciência será diferente e oferecerá aos participantes – mediante inscrição - um passeio ao Geopark Araripe, onde todos poderão visitar os geossítios, aprendendo mais sobre ciência e educação in loco. Será um passeio monitorado para quem quiser conhecer o primeiro geoparque das Américas e do Hemisfério Sul.

O Geopark Araripe é  composto por nove geossítios e é reconhecido pela Global Geoparks Network (GGN) da Unesco. Distribuídos em seis municípios da Região do Cariri: Batateiras (Crato), Pedra Cariri e Ponte de Pedra (Nova Olinda), Parque dos Pterossauros e Pontal de Santa Cruz (Santana do Cariri), Cachoeira de Missão Velha e Floresta Petrificada (Missão Velha), Riacho do Meio (Barbalha), Colina do Horto (Juazeiro do Norte), eles cobrem uma área de quase 4 mil km2 . A região preserva fósseis de insetos, plantas, répteis voadores, peixes em três dimensões, tartarugas e crocodilos, que ajudam a reconstituir uma história de mais de 120 milhões de anos.

(Jornal da Ciência)

registrado em:
Fim do conteúdo da página